PostHeaderIcon ALIMENTAÇÃO CORRETA AJUDA A PREVENIR AFTAS

 

Um dos principais fatores que levam ao surgimento das aftas são as alterações hormonais associadas ao estresse alergias a alimentos e alterações imunológicas e o déficit nutricional, principalmente de algumas vitaminas e minerais como

As deficiências de ferro: carnes magras e leguminosas como feijões.

vitamina B12: produtos de origem animal.e ácido fólico suas fontes são verduras, abacate e leguminosas. A ingestão desses nutrientes podem ajudar a preveni-las.

Algumas pessoas sofrem desse problema com freqüência. Elas dificultam a mastigação e são muito desconfortáveis. A boa notícia é que as aftas podem ser prevenidas com mudanças na alimentação.

As aftas também são conhecidas como estomatite aftosa e aparecem como manchas brancas ou amareladas na mucosa da boca, gengivas, lábios e língua. Podem durar um dia, uma semana ou até meses em casos mais graves.

Como as vitaminas ajudam no combate

A vitamina B2 é responsável pela prevenção do surgimento das aftas e de fissuras nos lábios. A principal fonte dessa vitamina está nos alimentos.

Portanto, você deve incluir na sua alimentação leite, queijos, especialmente ricota e requeijão, iogurtes, carnes magras, ovos e vegetais verdes. Recomenda-se

ingerir 1,2 mg de vitamina B2 por dia.

Outra forte aliada é a vitamina C, pois ela estimula o sistema imunológico e promove uma maior resistência às infecções. Além disso, ela auxilia no processo

de cicatrização de feridas e sangramentos de gengivas. Nutrientes como zinco, presente em leguminosas e oleaginosas são importantes para aumentar a imunidade. A alicina, presente no alho e na cebola é um composto que auxilia o sistema imune agindo na destruição e inibição de bactérias, estimulando a atividade da imunidade humoral e celular. O ácido fólico é um nutriente importante também nestes casos, uma vez que é convertido em enzimas que o organismo precisa para produzir DNA, RNA e glóbulos vermelhos. A falta de regeneração rápida das células da mucosa, promovida pela deficiência de ácido fólico, pode causar alterações gastrintestinais, bem como atrofia da mucosa bucal, e facilitar o desenvolvimento das lesões aftosas. Este nutriente está presente em alimentos como: vísceras, feijão, aspargos, couve, espinafre e oleaginosas.Tenha sempre em casa frutas (goiaba, limão, laranja, acerola, caju, morango, manga), legumes (pimentão, tomate) e vegetais folhosos(pimentão e tomate). Não deixe que esses alimentos faltem em suas refeições.

O tratamento das aftas deve ser feito com produtos específicos e prescritos por um médico. Evite alimentos ácidos ou muito apimentados e mantenha-se hidratado.

Bicarbonato de sódio ajuda a melhorar os sintomas: pode embeber algodão em uma colher de sobremesa e meio copo de água e passar várias vezes sobre o local, (sempre mudando o algodão) ou ingerir meia colherinha de café por 1 semana em meio copo de água antes de deitar-se. (Não ultrapassar uma semana)

MUITO IMPORTANTE: MANTER-SE HIDRATADO, a água auxilia na eliminação

de toxinas. Consumir no mínimo 8 copos de água por dia, aos goles, sem gás e não gelada.

 

Sopa de Leguminosas que ajuda a prevenir as aftas:

Ingredientes

2 colheres de sopa de óleo de arroz

2 xícaras de chá de cebola picadinha

8 xícaras de chá de água

1/2 xícara de chá de feijão cozido

1/2 xícara de chá de grão de bico cozido

1/2 xícara de chá de lentilhas cruas

1/2 xícara de chá de ervilha fresca

2 xícaras de chá de cenoura cortada em cubinhos

2 xícaras de chá de inhame ou batata doce em cubos

1 xícara de massa cabelinho de anjo (integral)

Sal e temperos à gosto

Modo de Preparo

Aqueça o óleo de arroz em uma panela de pressão e refogue a cebola até que fique dourada. Junte a água, o feijão, o grão de bico e tempere à gosto. Tampe a panela e deixe ferver por 10 minutos, a partir do momento em que começar a apitar.

Retire do fogo, deixe sair o vapor, abra a panela e adicione as lentilhas, as ervilhas, as cenouras e as batatas. Volte ao fogo médio até que os ingredientes estejam “al dente”.

Por último, acrescente a massa e deixe cozinhar por mais 5 minutos. Acerte o sal e sirva! Bom apetite! Acrescente uma colherinha de azeite de oliva (consuma apenas no almoço) Na geladeira até 3 dias. (pode congelar por alguns dias, o que sobrar)

 

 

Contribuição:

http://www.patriciabertolucci.com.br/sobrenutricao.aspx?sobre=2&codigo=224

http://www.superfestval.com.br/blog/2013/10/afta-e-agora

Eroni Lupatini: CRN 4298.graduada pela  Faculdade Assis Gurgacz. Especialista em Docência do Ensino Superior – UNIPAN. POS GRADUANDA  EM – NUTRIÇAO FUNCIONAL E FITOTERAPIA- INST.ANA PAULA PUJOL- Extensão universitária em: Efeitos Fisiológicos do Exercício Resistido para sobrepeso e obesidade – Fitoterápicos e Obesidade –  Desintoxicacao e Fitoterapia. -TErmogênicos – Resistencia  à Insulina Dietoterapia Vegetariana – Fitoterapia para Nutricionistas. –Nutrigenética e Câncer – Cuidados nutricionais e metabólicos pré e pró cirurgia bariátrica; Nutrição e Suplementação especializada no esporte: da teoria à prática; Nutrigenômica e Nutrigenética: implicações práticas na nutrição clínica; Nutrição e Saúde nos ciclos de vida da mulher: suplementação de nutrientes e fitoterápicos; Funcionais, fitoterápicos e suplementos. Workshop de Fitomedicina e Fitoterapia aplicados à nutrição; Nutrição esportiva funcional; Capacitação em dietoterapia vegetariana- Fisiologia da obesidade, da síndrome metabólica e da redução do peso corporal; Nutrição na terceira idade: do diagnóstico ao tratamento; entre outros. Atendimento a gestantes, lactentes, crianças, adolescentes, adultos e idosos e em pré e pró-gastroplastia. Fitoterapia aplicada a nutrição. Terapia Floral-, auriculoterapia.

Deixe um comentario

Artigos
Meu Twitter: