PostHeaderIcon Imunidade

 

Muitos são os fatores que interferem no sistema imunológico: o estresse que libera grandes quantidades de  hormônios como o cortisol e  adrenalina, enfraquece violentamente o sistema imunológico. Poluição, agrotóxicos e deficiência de nutrientes são exemplos de causas que interferem no bom funcionamento das defesas do organismo. Com a prática regular de exercícios e uma boa alimentação, é possível manter a imunidade em alta e ter uma vida mais saudável.

Alimentos que Aumentam a Imunidade

Tomate

É um dos melhores combatentes contra o câncer de próstata. O licopeno, pigmento responsável pela coloração vermelha da fruta, tem a capacidade de se acumular na glândula prostática e inibir o crescimento de células cancerígenas. Um das boas notícias é que os benefícios são ainda maiores quando consumido na forma de molho, claro que não estamos nos referindo a versão em lata e cheia de conservantes. O aquecimento aumenta a absorção de licopeno pelo organismo. É recomendado o consumo de 1 unidade por dia, e quanto mais vermelho melhor. O licopeno é melhor absorvido na presença de gordura por ser lipossolúvel (dissolve na gordura), portanto uma dica é preparar o molho com um fio de azeite.

Cogumelos

Tem alto índice de proteínas, fibras, minerais, vitaminas e mais duas substâncias muito importantes as betaglucanas e a eritadenine, que contribuem para reduzir o acúmulo de gordura no sangue e as taxas de colesterol.

Gengibre

Combate as inflamações da garganta e respiratórias e pode ser usado no combate a enjôos como calmante do estômago. Muito rico em vitamina C e B6 que ajudam nas defesas do organismo, e ainda contém gingerol que tem ação comprovada no combate ao câncer.

Frutas Vermelhas

Morango, framboesa, uva, amora, todas estas frutas possuem antocianinas e flavonóides que são as substâncias responsáveis pela cor vermelho-arroxeada. Outra fruta muito importante deste grupo é o mirtilo (blueberry), pois ajuda a reverter a queda das funções cerebrais e aumenta a liberação de dopamina, que tem a função energizante e estimulante.

Pimenta

Uma das melhores fontes de betacaroteno, que se transforma em vitamina A e auxilia o organismo na luta contra todo tipo de infecções.

É aquela substância que faz a boca arder, a capsaicina age na liberação de endorfinas e na dissolução de coágulos sanguíneos, que ajuda no controle de colesterol e prevenir a arteriosclerose.

Batata Doce

Tubérculo que contribui para o  bom funcionamento do sistema imunológico, atua no combate ao mal de Parkinson, males do fígado, problemas cardíacos e câncer.

Canela

Impede o desenvolvimento de bactérias no organismo, inclusive no combate ao mau hálito controla as taxas de açúcar no sangue.

Figo

Rico em fibras, que contribuem na regulação dos níveis de insulina, no funcionamento do intestino e na diminuição da velocidade do envelhecimento.

Conta ainda com polifenóis, que impedem a degradação celular pela ação da poluição, fumo e estresse. Deve ser consumido com moderação, o seu excesso favorece o acúmulo de gordura, recomenda-se quatro unidades da fruta por semana.

Romã

O consumo desta fruta está associada à diminuição dos riscos de desenvolver doenças do coração e câncer, pois é rica em flavonóides, substâncias que controlam o colesterol e regulam o fluxo sanguíneo para o coração.

Salmão

O peixe é um alimento rico em ômega-3, um óleo saudável e com ação antioxidante.

É muito rica em selênio, mineral antioxidante que diminui a degeneração cutânea e cerebral e ainda conta com o magnésio, que interfere na atividade muscular e cardíaca.

Brócolis

Repleto de fósforo, magnésio, potássio, cálcio e vitamina C.

Uma xícara tem 10% da dose diária recomendada de ferro e Vitamina C que um adulto necessita.

Linhaça

A semente é fonte de ômega-9 e ácido alfa-linoleico, que ajudam o intestino e coração a funcionar melhor. pois equilibram os níveis de gordura no sangue. O melhor é consumi-la triturada ou na forma de farinha. Se germinar as sementes num copo d’água da noite para o dia o seu poder de força é aumentado muito.

Outros alimentos que também aumentam a imunidade:

Alho, acerola, cebola, kiwi, couve,laranja, rabanete, tangerina, arroz integral, castanha do Pará, uva, aveia, nozes, azeitonas, grão de bico- amêndoas, azeite de oliva, lentilhas, cenoura.

AUMENTE SUA IMUNIDADE

  • Beba muita água, pois além de hidratar, fornece oxigênio e nutrientes para as células e auxilia a eliminar produtos tóxicos do organismo.
  • Consuma alimentos ricos em vitamina C:laranja, limão, lima, caju, tomates e vegetais folhosos crus. Para aumentar as células de defesa e reconstituição dos leucócitos em períodos de queda da imunidade.
  • Ouça música clássica. Ela produz efeitos positivos sobre o sistema imune quase imediatamente. Seus acordes contribuem na regulação dos hormônios envolvidos na defesa.
  • Durma bem, pelo menos 5 horas seguidas em ambiente totalmente escuro. É durante o sono que ocorre o reparo celular e a destruição das células ruins.
  • Sorria. Além de melhorar o sistema cardiovascular, sorrir auxilia no equilíbrio da pressão arterial, pois massageia os órgãos internos, movimentando beneficamente 17 músculos, relaxando o corpo, alegrando a vida, melhorando o humor, conseqüentemente aumentando a imunidade pois promove a liberação da serotonina.
  • Seja otimista. Os otimistas vivem mais que os indivíduos pessimistas.
  • Focalize a mente em coisas boas e prazerosas, pois isso também reforça as defesas.
  • Movimente-se! Dance, corra, ande, olhe ao seu redor e veja se algo está parado. O movimento é vida.
  • Agradeça a tudo e  todos. Cultive a gratidão. Arma poderosa para o aumento da imunidade.
  • Cultive um estilo de vida saudável, fazendo escolhas melhores para sua saúde. Não esqueça que você é o maior aliado de seu sistema imunológico.
  • Perdoe. Esqueça. Ame.  Siga em frente. Simplesmente viva o seu agora: que como o  próprio nome diz que é:  o presente.

 

Para os que estão mentalmente fatigados e nervosos devido ao trabalho contínuo restrita limitação de ambiente, uma visita ao campo pondo-se em íntimo contato com as coisas da natureza, é muito salutar. “Desfrute a natureza, caminhe descalço pela grama macia, sinta a terra molhada entre os dedos.

O contato com os animais também influi positivamente no sistema imune, deixando-o ativo e alerta para qualquer necessidade. Observar as aves em seu habitat natural, ou simplesmente debaixo de uma árvore ou no parapeito da janela também auxiliam no controle do estresse. Quando estamos alegres liberamos endorfinas que ativam a serotonina que é o hormônio da felicidade e bom humor ajudando no fortalecimento da imunidade.

Por isto, é muito importante fazer algo de que se gosta. Veja algo que lhe dê prazer no seu dia a dia: um passeio ao ar livre, uma leitura agradável, ouvir música, prática de algum exercício físico, isto aliviará as tensões do cotidiano. Ter com quem compartilhar as decepções e tristezas e um ombro amigo para chorar diminui muito os riscos cardíacos e o estresse. Até um abraço carinhoso é capaz de potencializar os anticorpos. A relação do ser humano com o outro e os demais elementos da criação lhe proporcionam vitalidade, equilíbrio e saúde. Sempre esteja em contato com a natureza!

Assim como o uso em excesso de açúcar debilita o sistema imune, o álcool e nicotina também enfraquecem as defesas do organismo, pois diminui o número dos linfócitos T(soldados de defesa)

 

Contribuição de:Revista Vida e saúde. Edição de novembro 2013

 

Nutricionista graduada pela Faculdade Assis Gurgacz. Especialista em Docência do Ensino Superior – UNIPAN. Extensão universitária em: Cuidados nutricionais e metabólicos pré e pró cirurgia bariátrica; Nutrição e Suplementação especializada no esporte: da teoria à prática; Nutrigemônica e Nutrigenética: implicações práticas na nutrição clínica; Nutrição e Saúde nos ciclos de vida da mulher: suplementação de nutrientes e fitoterápicos; Funcionais, fitoterápicos e suplementos. Workshop de Fitomedicina e Fitoterapia aplicados à nutrição; Nutrição esportiva funcional; Fisiologia da obesidade, da síndrome metabólica e da redução do peso corporal; Nutrição na terceira idade: do diagnóstico ao tratamento; entre outros. Atendimento a gestantes, lactentes, crianças, adolescentes, adultos e idosos e em pré e pró-gastroplastia. Fitoterapia aplicada a nutrição. Terapia Floral- MTC – ortomolecular, auriculoterapia. CRN 4298 Pr

 

Deixe um comentario

Artigos
Meu Twitter: