PostHeaderIcon A IMPORTANCIA DO CAFÉ DA MANHÃ

A refeição matinal, que supre as necessidades depois de um longo jejum, é muito importante!

A primeira refeição do dia é fundamental, ninguém mais discute isso. É muito importante comer bem assim que se acorda porque passou muito tempo sem se alimentar, enquanto estava dormindo.

Nesse período, o organismo praticamente esgotou as reservas de energia, que se não forem repostas o deixarão desatento e fraco, o que certamente vai prejudicar seu desempenho escolar e em outras atividades físicas e intelectuais.
Uma boa refeição matinal nunca deve ser ignorada. “Durante a adolescência, o corpo está passando por mudanças consideráveis e uma alimentação balanceada e nutricionalmente adequada é essencial para a construção e a manutenção dos tecidos corporais”.

Além disso, o corpo tem um gasto calórico maior, devido ao metabolismo acelerado e à prática de exercícios físicos. O mais indicado é que você faça no mínimo seis refeições diárias (café, lanche matinal, almoço, lanche vespertino,

jantar e um pequeno lanchinho à noite).

O cardápio do café da manhã deve conter proteínas, carboidratos, vitaminas e minerais para melhor controle da glicemia, impedindo fraquezas, tonturas e desmaios. Escolha entre fontes de proteína animal (leite, queijos e iogurtes), carboidratos (pães, cereais, bolos, biscoitos, mel), vitaminas, minerais e fibras (frutas, sucos).

Mais dicas para um bom café da manhã

A ingestão de cálcio, contido em maior quantidade no leite e seus derivados, é necessária para manter o crescimento de ossos. “Dos 9 anos de idade aos 18 anos, a ingestão diária recomendada pelo National Academy of Sciences é de 1.300 mg (o correspondente a 2 copos de leite, 1 pedaço de queijo e 1 iogurte). Depois dos 19 anos, diminui um pouco, para 1.000 mg. Nesta época a pessoa tem sua principal fase de crescimento, principalmente ósseo.” Outras fontes do mineral são os ovos e os vegetais verde-escuros.

Já os carboidratos são fontes importantes de energia, fundamentais para o organismo do adolescente. Essa energia é necessária para a realização de todas as atividades do dia-a-dia, como estudar, praticar esportes e até mesmo continuar vivo. Os nutricionistas recomendam que estes nutrientes componham de 50% a 60% do total da dieta diária.

“As frutas são fontes de vitaminas. A do tipo C, presente na laranja, na acerola e no abacaxi, é uma das mais importantes e a recomendação do National Academy of Sciences é de 60 mg/dia, facilmente alcançada com a ingestão de uma laranja”, afirma a nutricionista. Já a vitamina A, encontrada no mamão, possui ação antioxidante, combatendo os radicais livres e reforçando nosso sistema imunológico.

“Pular o café da manhã não é aconselhável, pois quem não come nesse horário também acaba exagerando nas outras refeições, prejudicando o organismo que é forçado a digerir maior quantidade de alimentos. A longo prazo as conseqüências podem ser a desnutrição e a obesidade”,

Cibele Crispim, nutricionista da RGNutri Consultoria Nutricional. Especialista em fisiologia do exercício pela UNIFESP. Mestre e doutoranda em nutrição pela UNIFESP e professora do curso de pós- graduação em nutrição esportiva e qualidade de vida da FEFISA (Faculdades Integradas de Santo André).

Deixe um comentario

Artigos
Meu Twitter: